VOCÊ ESTÁ EM:
icone

NOSSAS NOTÍCIAS

Agropecuária Doce Vida 09/09/2015
Raça Wagyu será a atração da 73ª Exposição Agropecuária de Alegrete

Pioneira na região, a Agropecuária Doce Vida, localizada no Angico, irá expor a raça japonesa famosa pela qualidade e pela valorização de sua carne

Por Nathã Carvalho

Após uma estreia de sucesso na última edição da Expointer em Esteio com a conquista dos grandes campeonatos entre as fêmeas, a Agropecuária Doce Vida, localizada no Angico em Alegrete, estará presente na 73ª Exposição Agropecuária entre 13 e 18 de outubro no parque de exposições Dr. Lauro Dornelles. Além de ovinos da raça Ile de France, a Doce Vida apresentará seis fêmeas puras de origem da raça bovina japonesa chamada "Wagyu", reconhecida mundialmente pela qualidade e pela valorização da carne que produz. "Nossa equipe está engajada em sermos referência na raça Wagyu no Rio Grande do Sul. Estamos investindo em genética das mais consagradas linhagens e famílias da raça, bem como, em biotecnologias de reprodução destes exemplares" conta a diretora geral da Doce Vida, a alegretense Ivone Schroeder. Segundo ela, o criatório alegretense  já possui o maior plantel de animais registrados (PO) no Rio Grande do Sul pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos da Raça Wagyu. 

De médio porte, ossatura leve, cascos resistentes e pelagem tradicionalmente preta (embora também existam os animais de pelagem vermelha) e chifres finos, a raça tem demonstrado boa adaptabilidade em nossa região. No entanto o ponto forte do Wagyu é mesmo a sua carne, considerada por muitos como o “caviar da carne bovina” por ser diferenciada e por ser este o fator que o faz tão famosa no mundo todo. No Japão, o preço médio do quilo custa o equivalente a R$ 1 mil. No Brasil, o produto é hoje o xodó de muitos restaurantes de alta gastronomia nas metrópoles do centro do país. O prato chega a custar mais de R$ 200. Isto se deve ao fato da característica da carne produzida pelos bovinos da raça, que é o elevado índice de marmorização (gordura entremeada nas fibras musculares), o que confere muito mais sabor e suculência à carne. 

Na exposição de Alegrete os animais estarão expostos no pavilhão de bovinos até o domingo dia 18 de outubro. Entre os destaques, estarão presentes a grande campeã e a reservada de grande campeã da raça na última Expointer. Na sexta-feira, 16 de outubro ocorrerá o julgamento na pista central, com a atuação do médico veterinário Fernando Furtado Velloso como jurado e no domingo, as vencedoras desfilam no desfile dos grandes campeões, durante a abertura oficial do evento. 

 

voltar
PÁGINA
WagyuA.R.C.O.
GALERIAS
Sede da Agropecuária Doce Vida80ª Expofeira de Uruguaiana
NEWSLETTER


Facebook Flickr
Todos os Direitos Reservados - Agropecuária Doce Vida Webde, Web for Business